Projetos

Do óleo ao sabão

Realizado em 2017, tinha como responsável Isabella Fonseca, na época assessora de projetos, e como gestora Ana Paula Martins, na época diretora de projetos. O objetivo era conscientizar as famílias que fazem parte do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) sobre os prejuízos que o descarte irregular do óleo de cozinha pode causar ao meio ambiente. Além disso, ensinar as famílias a confeccionar o próprio sabão a partir do óleo de cozinha usado.

Crotalária

Realizado em 2018 tinha como responsável as assessoras Eliza Scala e Rafaela Carvalho, e como diretoras, Ana Paula e Jéssica. O objetivo era conscientizar a população de ouro branco sobre os perigos do mosquito Aedes aegypti, vetor de varias doenças, como zika, dengue, febre amarela e chikungunya, também podendo causar o desenvolvimento da síndrome de Guilliain-Barre, encefalite e outras complicações neurológicas. Com isso, pensamos em uma solução que foi atrair a libélula predadora desse mosquito através de uma planta chamada Crotalária.

Revitaliza

Realizado no início de 2018, tinha como responsável, Isabella Fonseca, na época, coordenadora do projeto, e teve a contribuição de voluntários e membros do núcleo. A proposta do projeto Revitaliza é reformar espaços públicos, que de certo modo, são negligenciados. A ideia é conseguir doações de materiais de construção e usar a mão de obra dos membros do núcleo.

Solarize

Idealizado em 2016, inativado por alguns anos, o projeto foi retomado pela secretaria de projetos em 2018. Atualmente, encontra-se em fase de testes sob supervisão do diretor de projetos Emerson Barreto. O objetivo do projeto é produzir um aquecedor solar usando materiais de baixo custo. E também chamar a atenção sobre a pouca utilização do sol como fonte de energia térmica no aquecimento da água, num país ensolarado como o Brasil.